A ESTANTE DE GUSTAVO BERNARDO


A Ficção de Deus
     

A FICÇÃO DE DEUS

Irmã Gilssane Reis



Professor Gustavo, boa tarde!

Parabéns pelo Prêmio da Biblioteca Nacional! Gostaria muito de ter estado presente neste grande momento de sua vida. Agradeço a Deus por ter tido um professor como o senhor. Suas aulas fizeram a diferença em minha vida.

Gostei muito do livro, apesar de eu crer em Deus. Se o senhor escreve sobre Deus, acredito que seja porque a Pessoa Dele o deixe irrequieto. De alguma maneira mexe com o senhor. Eu não o denominaria um ateu, nem "ateu suave", mas alguém como o Santo Agostinho antes de ter seu encontro definitivo com Deus.

Se, um dia, esse encontro acontecer em sua vida, o senhor será um grande cristão, melhor até que muitos que creem nEle há séculos. Um grande homem como o senhor merece conhecer a suavidade da presença de Deus. Rezo todos os dias por isso.

Meu grande mestre, sempre direi a você: obrigada por tudo!


Rio de Janeiro, 01/12/2015
e-mail : gustavobernardokrause@gmail.com